CTASP DEBATE ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados debate nesta quarta-feira (21) o assédio moral no trabalho. O debate atende a requerimento da deputada Erika Kokay (PT/DF).
O assédio moral, conforme a deputada, se manifesta por meio da prática de violência psicológica, em que a pessoa é submetida a todas as formas de constrangimento, humilhação e exposição pública vexatória, atingindo de forma intensa a sua autoestima, causando-lhe intenso sofrimento psicológico e afrontando a sua dignidade.
Erika Kokay afirma que, que recentemente, recebeu denúncias de assédio moral na Caixa Econômica Federal e no Ministério da Educação. “Mas esses casos não são isolados”, acrescenta.
“Nos últimos anos, têm se tornado cada vez mais frequentes as denúncias de assédio moral no mundo do trabalho, seja no setor público, seja no setor privado”, afirma. “Essa prática vem sendo usada como método de gestão e, muitas vezes, tem o objetivo de obrigar o(a) trabalhador(a) a cumprir metas impossíveis”, destaca a deputada.
Foram convidados:

  • a servidora do Ministério da Educação Maria do Rosário da Costa e Silva;
  • o secretário-geral do Sindicato dos servidores públicos federais do DF (Sindsep-DF), Oton Pereira Neves;
  • o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) José Celso Cardoso;
  • o secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), Sérgio Ronaldo;
  • a jornalista Kariane Costa Silva de Oliveira; e
  • a representante do Sindicato Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário Dione Melo da Silva.

A reunião será realizada às 9 horas, no plenário 12. Os interessados podem participar do debate e acompanhar a discussão pela internet.
Fonte: Agência Câmara de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.