PORTE DE ARMA PARA DEFESA PESSOAL FOI REQUERIDO PELA AGEPOLJUS ANTES DO DECRETO 9785/19

Segunda-feira, 13 de maio de 2019.

A solicitação do porte de arma para defesa pessoal dos Agentes de Segurança foi requerida pela AGEPOLJUS meses antes da edição do Decreto nº 9785/2019.

No dia 23 de janeiro de 2019, a Associação protocolou ofícios destinados ao Diretor-Geral do Departamento de Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo; e ao ministro de Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para a concessão do porte pela Polícia Federal.

Nos documentos, a AGEPOLJUS afirma que os pedidos de porte de arma se fundam “na necessidade de segurança pessoal de nossos servidores federais, que utilizam armas de fogo institucionais em serviço, mas não têm como prover sua segurança pessoal fora dele, com o evidente risco a que estão sujeitos por trabalharem armados e identificados, muitos deles uniformizados em audiências de custódia ou atividades externas com oficiais de justiça.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo