Notícias

AGEPOLJUS ATUA NO PALÁCIO DO PLANALTO PELO PORTE DE ARMA DOS AGENTES DE SEGURANÇA

Quarta-feira, 06 de novembro de 2019.

O presidente da AGEPOLJUS Roniel Andrade esteve, durante toda esta quarta-feira (06), em um trabalho no Palácio do Planalto para garantir a extensão do porte de arma para os Agentes de Segurança do Poder Judiciário da União.
 
Nesta terça-feira (05), o plenário da Câmara dos Deputados aprovou o PL 3723/2019 com a concessão do porte de arma apenas para caçadores, atiradores e colecionadores (CACs).
 
Segundo informações da Câmara, um novo projeto de lei deve ser encaminhado pelo Poder Executivo, em regime de urgência constitucional, para garantir a concessão do porte para as categorias profissionais que foram excluídas do Projeto das Armas, entre elas, os Agentes de Segurança.
 
Ao longo desta quarta, Roniel Andrade e o coordenador geral do Sindjus-DF, Costa Neto, estiveram no gabinete do ministro da Secretaria Geral da Presidência, Jorge Antônio de Oliveira Francisco, onde entregaram em mãos um documento com sugestões para esse novo PL que deverá contemplar os pleitos dos Agentes de Segurança.
 
“Nós entregamos uma adequação ao texto, uma vez que nós já estamos na Lei nº 10.826, com relação à concessão para 100% dos Agentes, ao porte pessoal e demais ajustes que já haviam sido feitos com o deputado Alexandre Leite e que não foram levados para o relatório final do PL 3723”, explica o presidente da AGEPOLJUS.
 
Durante o encontro com o ministro, os dirigentes também trataram do documento conjunto, protocolado pela Associação e pelo Sindjus-DF, referente à Aposentadoria Especial para o segmento.
 
"Continuamos lutando em defesa da nossa categoria", finaliza Costa Neto.
 
Confira abaixo o vídeo explicativo feito pelos representantes no momento em que estavam no Palácio do Planalto:

 
 
Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo





Enviar por email